O grupo de jazz belga Mâäk Spirit visitou Benin e gravou com vários músicos locais. O resultado é um afrojazz cheio de percussão que deu o que falar. Tudo isso foi registrado em documentário pelo diretor Sam Aesert e a promessa é que em maio deste ano a produção seja lançada, juntamente com shows com partipação da Albert Anagoko Ensemble. Neste blog ainda dá para ver bonitas imagens registradas durante todo o projeto.